Programa de Formação em Gestão de Pessoas

O Programa de Formação em gestão de pessoas: desenvolvendo competências para liderar transformações estratégicas e inovadoras nas políticas de RH do setor público busca qualificar gestores para uma atuação estratégica e inovadora na gestão de pessoas na área pública, por meio da oferta de qualificação de alto nível para profissionais que ocupam posições estratégicas e críticas para gerar a transformação da gestão de pessoas e do setor público brasileiro.

Público alvo

profissionais do setor público que ocupam posições-chave na área de gestão de pessoas na administração pública brasileira

Inscrições

de 9 a 31 de maio 2022

Vagas

36 vagas

Duração

110 horas - 13 de junho a 31 de outubro 2022

Aulas

segundas e quartas, das 8h às 10h30

Investimento

R$ 5.690,00*

*Serão distribuídas bolsas de 80% do valor do programa para 18 (dezoito) participantes selecionados pela Vamos de acordo com os seguintes critérios:
  • 6 bolsas para inscrição individual por critério de diversidade:
    • Raça: aplicável à pessoa que atua com gestão de pessoas no setor público autodeclarada preta ou parda, mediante submissão da autodeclaração constante no Anexo Ido Manual de inscrição;
    • Regional: aplicável à pessoa que atua com gestão de pessoas no setor público em órgãos e entidades públicas das regiões Norte e Nordeste.
  • 12 bolsas para inscrição em times de 3 ou 4 pessoas que atuam com gestão de pessoas no setor público. É desejável que os times contem com a participação das lideranças de RH capazes de dar o suporte necessário às mudanças gestadas no PFGP.

São objetivos do Programa de Formação em Gestão de Pessoas:

1) Fomentar nos gestores públicos da área de gestão de pessoas um pensamento estratégico e inovador, conscientizando-os sobre a importância da área para o alcance dos objetivos organizacionais;

2) Apresentar diferentes ferramentas e abordagens, de referência nacional e internacional, referentes à atração, seleção, desenvolvimento, gestão do desempenho e engajamento de talentos, em uma perspectiva integrada e adaptativa a cada contexto organizacional;

3) Desenvolver nos gestores públicos da área de gestão de pessoas competências necessárias para uma atuação estratégica, inovadora e flexível no setor público;

4) Formar uma rede de profissionais que atuam na gestão de pessoas, estabelecendo uma relação de confiança e colaboração entre órgãos e entes na busca pela transformação efetiva da área no setor público brasileiro como um todo.

O Programa contará com estratégias e metodologias diversificadas de ensino à distância, garantindo a qualidade das atividades e a interação dos participantes. As principais estratégias são:

  • Disponibilização e discussão de conteúdos: nos Módulos 1 a 6 pretende-se discutir os principais conceitos de cada temática, promover o compartilhamento de conhecimentos e experiências entre os participantes e trazer indagações para serem discutidas em grupos. O foco desta etapa é garantir o conhecimento e a compreensão das políticas e práticas possíveis de serem implementadas para o desenvolvimento de uma gestão estratégica de pessoas no setor público. O módulo 7 – Cinto de Utilidades tem como objetivo oferecer conteúdos, ferramentas, metodologias complementares ao que foi abordado nos módulos teóricos aderentes aos temas a serem trabalhados na Fase Maker e/ou aos principais desafios vivenciados pelos gestores na gestão de pessoas em cada subsistema. A proposta é que os temas a serem discutidos no módulo 7 sejam escolhidos pelos participantes do PFGP. Esta etapa contará com as Aulas online e com atividades por meio de ferramentas da plataforma Moodle, sendo que pelo menos 80% das atividades serão realizadas de forma síncrona (online).

  • Vivencial: tem como objetivo possibilitar que os participantes tenham contato com as melhores práticas e ferramentas de gestão de pessoas, reflita sobre os principais desafios do reposicionamento estratégico da gestão de pessoas, a partir do olhar da temática de cada módulo, além de realizar oficinas que irão priorizar a aplicação dos conteúdos apreendidos nas etapas anteriores. A etapa vivencial será realizada a partir das estratégias de apresentação e discussão virtuais de Cases e Oficinas para discutir soluções para problemas da área de gestão de pessoas no setor público.

  • Maker: parte exclusivamente prática e voltada à realidade dos participantes, estando presente em cada um dos Módulos, tem como objetivo construir planos de ação consistentes para problemas concretos. Para a fase maker, aos times inscritos se juntarão os times agrupados pela FJP, considerando o perfil e a área de atuação dos participantes que se inscreveram individualmente. Entre os módulos 2 e 6, os times identificarão problemas reais com os quais lidam, em cada temática. Por fim, no módulo 8 – Maker – os grupos selecionarão uma temática para construir um plano de ação que apresente solução robusta para um dos problemas identificados nas etapas anteriores. Este trabalho contará com o apoio virtual de um facilitador, profissional responsável por auxiliar os integrantes do time na articulação entre os conteúdos do programa de formação, na utilização da metodologia construída para a fase maker e no desenvolvimento do plano de ação.

Kamila Pagel de Oliveira
(31) 3448-9651
desenvolvimento.eg@fjp.mg.gov.br