Para o cálculo do Produto Interno Bruto (PIB) e dos demais agregados macroeconômicos relevantes, seja no âmbito nacional, seja no regional, a Tabela de Recursos e Usos (TRU) é, ao mesmo tempo, um método e uma forma de apresentação dos resultados. Um método porque permite conferir a consistência de diversas fontes de dados, produzidas muitas vezes com finalidades específicas, que não se relacionam diretamente com o objetivo da produção de estatísticas macroeconômicas. Esse é o caso, por exemplo, dos registros das declarações do Imposto de Renda, cuja finalidade precípua é o controle da tributação; ou dos registros das operações de comércio exterior, ou ainda dos resultados das pesquisas domiciliares amostrais, como a Pesquisa de Orçamentos Familiares (POF) e a Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios (Pnad) e Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios Contínua (Pnadc). Ao mesmo tempo, a TRU é também uma forma de apresentação dos resultados. De modo panorâmico e articulado, ela permite visualizar todas as principais estatísticas que descrevem a situação macroeconômica de um país ou região, desde a perspectiva dos processos de produção, da geração de renda e do gasto realizado na economia.

Clique aqui para ler informativo.