Temas ligados à segurança pública têm se tornado cada vez mais centrais nas discussões públicas no Brasil das últimas décadas, no mesmo sentido em que crescem os indicadores de suas fragilidades – tantos os indicadores de violência e criminalidade, quanto exemplos de desarticulação entre as forças públicas responsáveis pelo seu enfrentamento e os embates sem vislumbre de consenso sobre pautas polêmicas, como armas e drogas.

Clique aqui para ler a publicação.