Que vidas importam? Há pouco tempo, fizemos esta pergunta neste blog. Naquela oportunidade, tratávamos dos impactos desiguais da pandemia do Coronavírus, muito mais severos sobre os grupos mais vulneráveis. Agora, o assassinato do jovem João Pedro, de 14 anos, pela polícia no Rio de Janeiro, ocorrido nesta segunda-feira (18/05), nos remete à mesma questão: que vidas importam? A serviço de quais vidas está o Estado brasileiro?

Clique aqui para ler a publicação.