O estudo tem como objetivo identificar os atributos sociais e profissionais que ajudariam a explicar o perfil dos vitoriosos nas eleições para prefeito no período de 2000 a 2016 e avaliar, dessa forma, o impacto desses atributos no sucesso eleitoral. A pesquisa classificase como de natureza exploratório-descritiva. Foram utilizados os dados básicos provenientes dos relatórios eleitorais do Tribunal Superior Eleitoral (TSE). De forma geral, pode-se dizer que relativamente as probabilidades de sucesso eleitoral calculadas conjuntamente observou-se que sexo, idade e ocupação foram características preponderantes nas eleições para as prefeituras em praticamente todas as eleições analisadas.

Clique aqui para ler a publicação.