Aborda a exploração da metrópole e das colônias, com destaque para as potencialidades naturais, e divide-se em duas partes. Na primeira é abordado “Os Jardineiros da Rainha – O Mundo Natural Ultramarino na Época da Rainha D. Maria I e do Príncipe D. João”. A segunda traz uma coletânea de fontes, onde são analisados o império colonial português e o mundo natural, o reino e os domínios ultramarinos, as viagens filosóficas, os naturalistas e as “produções naturais” e a história natural da capitania de Minas Gerais.

Clique aqui para maiores informações sobre a obra