Mestrado

O Curso de Mestrado em Administração Pública destina-se à formação teórica e técnica de alto nível nos campos da gestão pública, formulação, planejamento, implementação e avaliação de políticas públicas.

Voltado aos portadores de diploma de nível superior, o curso abrange profissionais que atuam na esfera pública, em centros de pesquisa e ensino e demais interessados nas questões centrais da administração pública contemporânea, buscando capacitá-los para o grande desafio: combinar ações que levam em conta a eficiência, a efetividade, a eficácia e a justiça social.

O Programa de Mestrado em Administração Pública estrutura-se na área de concentração – Estado, Instituições e Gestão de Políticas Públicas – e suas 3 linhas de pesquisa: Gestão Econômica, Financeira e Tributária, que versa sobre a análise de processos e políticas econômicas, finanças públicas e temas relacionados à regulamentação, concessão, privatização de serviços públicos e geração de emprego e renda, e outros assuntos correlatos; Produção do Conhecimento, Avaliação e Gestão da Informação, que versa sobre a análise do papel estratégico da produção do conhecimento e informação nos processos decisórios, do fluxo da informação para tomada de decisão, de fonte e meios de obtenção de informação, produção, armazenamento e uso das informações, e temáticas correlatas; e Formulação, Implementação, Gestão e Avaliação de Políticas Públicas, que trata de pesquisas teóricas e avaliativas do processo de formação e dos componentes do ciclo das políticas públicas: constituição de agendas e mudanças institucionais, formulação e diagnóstico, condicionantes da implementação, gestão social, avaliação de resultados, e outras temáticas correlatas.

O curso integra o Sistema Nacional de Pós-Graduação, sendo recomendado pela Coordenação de Aperfeiçoamento do Pessoal de Nível Superior (Capes).

Público alvo

Pessoas com diploma de ensino superior

Investimento

Curso gratuito

Duração

Duração máxima de 24 meses

Oferta de vagas

20 vagas

Dias e horários

As aulas poderão ocorrer pela manhã e/ou à tarde, em quaisquer dias da semana

Local

Campus Pampulha: Alameda das Acácias, nº 70, São Luiz - Belo Horizonte / MG

Coordenação

Letícia Godinho de Souza | leticia.godinho@fjp.mg.gov.br

Seleção

Edital e publicações

O Curso de Mestrado em Administração Pública está estruturado em dois núcleos de disciplinas presenciais, as obrigatórias (mínimo de 13 créditos – 195 horas/aula) e as optativas (mínimo de 12 créditos – 180 horas/aula).

O aluno poderá substituir 2 (dois) créditos equivalentes a 1 (uma) disciplina optativa por artigo aceito para publicação em revista indexada ao Qualis Administração, com conceito B2 ou superior, elaborado individualmente ou em co-autoria com professor do Programa, após a admissão no curso.

O programa oferecerá 20 (vinte) vagas, dentre as quais, até 15 (quinze) serão destinadas à ampla concorrência e até 5 (cinco) vagas destinadas às ações afirmativas, da seguinte maneira: 4 (quatro) vagas para pessoas negras (pretas e pardas) ou indígenas; 1 (uma) vaga para pessoa com deficiência.
Para candidatos brasileiros ou naturalizados, o processo seletivo é anual e desdobrado em 3 (três) etapas, sendo os detalhes divulgados na forma de Edital até o mês de setembro:

Primeira etapa:
Teste de conhecimentos gerais, aplicado pela Associação Nacional de Pós-Graduação e Pesquisa em Administração (Anpad). O teste é aplicado quadrimestralmente sendo consideradas válidas as últimas seis edições, incluindo a de setembro e a de novembro de 2022 (informações detalhadas estão disponíveis no site da Anpad: https://testeanpad.org.br/).

– Edição de setembro
Data de realização: 25/9/2022

– Edição de novembro
Data de realização: 20/11/2022

A primeira etapa também inclui a habilitação das inscrições, com homologação da condição de candidato negro, indígena ou pessoa com deficiência.

Segunda etapa:
Prova Dissertativa, consistindo no desenvolvimento de 2 (duas) questões concernentes
ao campo da administração pública, visando avaliar capacidades de compreensão,
interpretação e redação. A bibliografia indicada é divulgada no Edital de seleção.

Terceira etapa:
Análise de currículo (modelo Lattes/CNPq) e pré-projeto de pesquisa, incluindo
arguição oral sobre eles.

O curso possui cota de bolsas de estudos concedidas pela Capes, pelo CNPq e pela Fapemig, cuja distribuição é renovada anualmente, entre os aprovados no processo seletivo e que atendam ao perfil exigido pela bolsa. O aluno bolsista passa a receber valor mensal até o 24º mês de início do curso.

O corpo docente do Mestrado em Administração Pública é composto por professores doutores integrantes do quadro técnico da Fundação João Pinheiro e professores colaboradores, convidados e visitantes.

Conheça o corpo docente permanente do curso.

Membros natos:

Coordenador: Letícia Godinho de Souza – Titulação: Doutora em Ciência Política

Subcoordenador: Bruno Lazzarotti Diniz Costa – Titulação: Doutor em Sociologia e Política

Gerente de Ensino e Pesquisa: Lucília Nunes de Assis – Titulação: Doutora em Medicina Coletiva

Membros eleitos pelos pares:

Representantes do corpo docente: 

(Titular) – Luiz Felipe Zilli do Nascimento – Titulação: Doutor em Sociologia

(Suplente) – Eduardo Cerqueira Batitucci – Titulação:  Doutor em Sociologia

(Titular) – Juliana Lucena Ruas Riani – Titulação:  Doutora em Demografia

Representantes discentes: 

(Titular) –  Dany Andrey Secco

(Suplente) – Leandro Schneider Alves Parreira

O curso integra o Sistema Nacional de Pós-Graduação, sendo recomendado pela Coordenação de Aperfeiçoamento do Pessoal de Nível Superior (Capes), consoante Parecer nº 102/2011, da Câmara de Educação Superior, do Conselho Nacional de Educação, proferido nos autos do Processo nº 23001.000006/2011-33, homologado por ato do Ministro da Educação, mediante Portaria nº 1077, de 31/08/2012, publicado no Diário Oficial da União, em 13 de setembro de 2012.