Imprimir

Belo Horizonte e Uberl√Ęndia responderam por 22,5% do PIB estadual em 2015

Data de publicação .

Entre 2011 e 2015, apenas 10 municípios, que detinham 23% da população, geraram 43% da produção do Estado.

A distribui√ß√£o do PIB mineiro foi bastante desigual em 2015, situa√ß√£o que pouco variou quando considerado o per√≠odo 2010/2015: apenas 10 munic√≠pios responderam por 43% da produ√ß√£o econ√īmica mineira e concentraram, no mesmo per√≠odo, 23% da popula√ß√£o estadual.

Al√©m dessa concentra√ß√£o, os dados apresentados na Tabela 1 mostram que Uberl√Ęndia consolidou-se na segunda coloca√ß√£o entre os munic√≠pios mineiros de maior participa√ß√£o no PIB de Minas Gerais, posi√ß√£o que vem ocupando desde 2012, trocando de lugar com Betim. Ao longo do per√≠odo 2010/2015, Contagem permaneceu ocupando a terceira posi√ß√£o. A exemplo do que acontece no contexto estadual, a participa√ß√£o de Uberl√Ęndia no cen√°rio nacional tamb√©m √© crescente, tendo passado da 32¬™ coloca√ß√£o em 2011 para a 22¬™ em 2015.

No ranking brasileiro, Belo Horizonte manteve a quarta posição, superado por São Paulo, Rio de Janeiro e Brasília.

Tabela 1: Participa√ß√£o dos dez munic√≠pios de maior PIB em 2015, posi√ß√£o no estado e no pa√≠s ‚Äď Minas Gerais ‚Äď 2010/2015

Fonte: Funda√ß√£o Jo√£o Pinheiro (FJP), Diretoria de Estat√≠stica e Informa√ß√Ķes (DIREI) ‚Äď Instituto Brasileiro de Geografia e Estat√≠stica (IBGE), Coordena√ß√£o de Contas Nacionais (CONAC). Elabora√ß√£o: Funda√ß√£o Jo√£o Pinheiro (FJP), Diretoria de Estat√≠stica e Informa√ß√Ķes (DIREI).

 

Juntos, os cinco munic√≠pios com maior participa√ß√£o no PIB mineiro (Belo Horizonte, Uberl√Ęndia, Contagem, Betim e Juiz de Fora) responderam por 34,9% do total em 2015. Na composi√ß√£o setorial do PIB desses munic√≠pios, √† exce√ß√£o de Betim, o setor servi√ßos responde por mais de 2/3 da produ√ß√£o econ√īmica (Tabela 2). Em 2010 a economia do munic√≠pio de Betim ainda era liderada pelo setor industrial, que vem perdendo posi√ß√£o continuamente, a despeito da abrupta recupera√ß√£o verificada em 2015, que n√£o pode ser vista como uma revers√£o de tend√™ncia.

 

Tabela 2: Composi√ß√£o setorial do PIB dos dez munic√≠pios de maior participa√ß√£o na economia de Minas Gerais ‚Äď2010/2015 (%)

Fonte: Funda√ß√£o Jo√£o Pinheiro (FJP), Diretoria de Estat√≠stica e Informa√ß√Ķes (DIREI) ‚Äď Instituto Brasileiro de Geografia e Estat√≠stica (IBGE), Coordena√ß√£o de Contas Nacionais (CONAC). Elabora√ß√£o: Funda√ß√£o Jo√£o Pinheiro (FJP), Diretoria de Estat√≠stica e Informa√ß√Ķes (DIREI).

 

O município de Uberaba também tem se destacado tanto no estado quanto em nível nacional, com sucessivas melhorias na participação. As atividades de comércio e de produção de fertilizantes e defensivos agrícolas tem contribuído de forma efetiva para tais avanços.

O munic√≠pio de menor PIB no Estado foi Serra da Saudade, pertencente ao Territ√≥rio de Desenvolvimento Oeste, seguido por Cedro do Abaet√©, do Territ√≥rio Central. No Territ√≥rio Metropolitano localizam-se tr√™s dos dez munic√≠pios de menor participa√ß√£o na produ√ß√£o: Passab√©m, S√£o Sebasti√£o do Rio Preto e Santo Ant√īnio do Rio Abaixo. Outros quatro munic√≠pios com os menores percentuais de participa√ß√£o pertencem ao Territ√≥rio Mata (Ant√īnio Prado de Minas, Aracitaba, Senador Cortes e Olaria).

Em s√≠ntese, a desigualdade socioecon√īmica regional ainda predomina de forma expressiva no estado de Minas Gerais. Embora tenha havido alguma mudan√ßa de posi√ß√£o, a rela√ß√£o dos cinco e dos dez munic√≠pios de maior participa√ß√£o no PIB estadual n√£o se alterou ao longo do per√≠odo 2010/2015.

PIB per capita - O PIB per capita de Minas Gerais foi de R$ 24.885 em 2015. Entre os 853 munic√≠pios mineiros, apenas 108 superaram esse valor. Entre os 10 munic√≠pios que apresentaram os maiores PIB per capita de Minas Gerais em 2015, quatro tinham como principal atividade a ind√ļstria extrativa mineral: S√£o Gon√ßalo do Rio Abaixo, Nova Lima, Itatiaiu√ßu e Tapira, os tr√™s primeiros do Territ√≥rio Metropolitano e o √ļltimo do Territ√≥rio Tri√Ęngulo Sul.

J√° os dez munic√≠pios mineiros que registraram os menores valores de PIB per capita em 2015 caracterizaram-se pela atividade econ√īmica centrada em servi√ßos, com predomin√Ęncia da administra√ß√£o p√ļblica.¬† No total do Estado, a representa√ß√£o da administra√ß√£o p√ļblica no PIB correspondeu a 15,2%, ao passo que nesses munic√≠pios variou entre 55,3% e 68%. A popula√ß√£o desses munic√≠pios variou entre 7.564 habitantes em Monte Formoso e 23.571 habitantes em Cara√≠.

Valor adicionado bruto setorial (VABs)

A agropecu√°ria apresentou a menor concentra√ß√£o da produ√ß√£o entre os munic√≠pios, comparativamente √†s demais atividades. Entre os dez munic√≠pios com maior valor adicionado agropecu√°rio, dois est√£o no territ√≥rio Tri√Ęngulo Sul (Uberaba e Perdizes), segundo e nono colocados, respectivamente; tr√™s no Noroeste (Una√≠, Paracatu, e Jo√£o Pinheiro), e cinco no Tri√Ęngulo Norte (Uberl√Ęndia, Coromandel, Nova Ponte, Patroc√≠nio e Indian√°polis). Una√≠ apresentou o maior VAB agropecu√°rio de Minas Gerais, com participa√ß√£o de 2,1% do total.

A maior concentra√ß√£o espacial na gera√ß√£o do valor adicionado foi apresentada pela ind√ļstria. Em ordem decrescente de participa√ß√£o, quatro munic√≠pios acumularam 29,2% da atividade em 2015: Belo Horizonte (11,2%), Betim (7,9%), Uberl√Ęndia (5,3%) e Contagem (4,8%).

No setor de Servi√ßos, o munic√≠pio de Belo Horizonte concentrou, sozinho, 19,7% da produ√ß√£o em 2015. Os demais munic√≠pios com maior participa√ß√£o foram Uberl√Ęndia, Contagem, Betim, Juiz de Fora, Uberaba, Montes Claros, Ipatinga, Governador Valadares e Pouso Alegre. Os 10 munic√≠pios de maior VAB de servi√ßos contribu√≠ram com 44,5% do total estadual em 2015. Em 2010 eles participavam com 46,6%.

 

Assessoria de Comunicação | Fundação João Pinheiro

O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo. | www.fjp.mg.gov.br

 

Informa√ß√Ķes para a imprensa: (31) 3448-9561 / 3448-9580

Siga a FJP no Twitter: https://twitter.com/_fjp_

Acompanhe a FJP no Facebook: http://www.facebook.com/fjpoficial