Imprimir

Aula inaugural em Governador Valadares dá início à segunda fase do Capacita Suas

Data de publicação .

Fonte:  Sedese

Curso de vigil√Ęncia socioassistencial ser√° ofertado em outros 20 polos pelo estado

 

A segunda etapa do¬†Capacita Suas¬† teve in√≠cio na manh√£ desta segunda-feira, 22, na cidade de Governador Valadares, Territ√≥rio Mucuri, em Minas Gerais. Cerca de 130 pessoas, entre gestores, t√©cnicos e secret√°rios da assist√™ncia social, representando 82 munic√≠pios estiveram presentes na aula inaugural do curso de ‚ÄúAtualiza√ß√£o em Vigil√Ęncia Socioassistencial do Suas‚ÄĚ.

De acordo com o √ļltimo Censo Suas, realizado em 2016, 88% dos √≥rg√£os gestores da pol√≠tica de assist√™ncia social no estado n√£o possuem profissionais exclusivos para a vigil√Ęncia socioassistencial.

A iniciativa da Sedese vem para preencher essa lacuna. "A vigil√Ęncia √© importante para que a gente conhe√ßa o nosso trabalho, por meio de indicadores e dados. Ela √© um instrumento de gest√£o e sem ela √© muito dif√≠cil que pol√≠tica de assist√™ncia social avance", afirmou o chefe de gabinete da Sedese, Ronaldo Camargos.

A mesa de abertura contou ainda com a presença da coordenadora geral da Unis/Fapemig, Nancy Christiane, do professor e coordenador do Capacita Suas da Fundação João Pinheiro, Marcos Assis, e do diretor regional da Sedese em Governador Valadares, Jaime Luís.

Para Simone Fernandes, coordenadora da vigil√Ęncia socioassistencial na cidade de Governador Valadares, a vigil√Ęncia produz informa√ß√Ķes sobre os riscos e vulnerabilidades que afetam os territ√≥rios, al√©m de informa√ß√Ķes sobre os padr√Ķes dos servi√ßos ofertados pela assist√™ncia e isso √© de fundamental import√Ęncia. ‚ÄúDessa forma, a vigil√Ęncia contribui para o planejamento dos servi√ßos conforme as necessidades da popula√ß√£o‚ÄĚ, explica Simone.

O objetivo da capacitação dos trabalhadores é aprimorar o trabalho e a gestão nos municípios. Eliane Alvarenga, secretária municipal de assistência social de Reduto, participou da capacitação no ano passado e explica como foi importante para a gestão da assistência social no município, que enfrentava bloqueio de recursos.

‚ÄúN√≥s n√£o t√≠nhamos entendimento do funcionamento do sistema, ele n√£o estava sendo alimentado da forma correta. Quando eu participei na primeira capacita√ß√£o percebi o que estava errado, conseguimos colocar tudo em pr√°tica e desbloquear todos os recursos, que nesse ano j√° come√ßaram a cair‚ÄĚ, afirmou.

A primeira fase do Capacita Suas¬†foi executada nos meses de agosto a dezembro de 2016, com a oferta dos cursos de ‚Äúgest√£o Or√ßament√°ria e Financeira do Suas‚ÄĚ e ‚ÄúAtualiza√ß√£o sobre Especificidade e Interfaces da Prote√ß√£o Social B√°sica‚ÄĚ,¬† em 21 polos de capacita√ß√£o.

Também em Passos, no Território Sudoeste, foi ministrada nesta segunda-feira, a aula inaugural do Capacita Suas, pelo superintendente de Capacitação, Monitoramento, Controle e Avaliação de Políticas de Assistência Social, Jaime Adriano Rabelo. Nessa segunda fase do Capacita Suas, que acontece entre os meses de maio a julho, nos 21 polos de capacitação distribuídos pelo estado, estão previstas 1.748 vagas, em 45 turmas.