Imprimir

Atividades de extens√£o agregam experi√™ncia profissional e crescimento pessoal para estudantes de Administra√ß√£o P√ļblica

Data de publicação .

Em janeiro de 2017 foram realizados quatro projetos de extensão em 16 municípios mineiros e um no interior do estado do Tocantins.

Realizar a√ß√Ķes que aproximem os estudantes de Administra√ß√£o P√ļblica do dia a dia de comunidades e dos cidad√£os de diferentes regi√Ķes de Minas Gerais e do pa√≠s. Esta √© a proposta da Funda√ß√£o Jo√£o Pinheiro (FJP), que desenvolve atividades de extens√£o com os alunos do curso de gradua√ß√£o durante todo o ano letivo e tamb√©m nos meses de f√©rias escolares. Em janeiro de 2017, 46 estudantes participaram, de forma volunt√°ria, de quatro projetos de imers√£o em 16 munic√≠pios mineiros e um no interior do estado do Tocantins.¬†

A iniciativa, coordenada pela Ger√™ncia de Extens√£o e Rela√ß√Ķes Institucionais (Geri) da Escola de Governo da FJP, prioriza a√ß√Ķes que resultem em benef√≠cios permanentes para as comunidades, especialmente no que diz respeito ao bem estar e √† capacita√ß√£o dos servidores municipais. Ao mesmo tempo, a participa√ß√£o nesses projetos proporciona aos futuros gestores p√ļblicos de Minas Gerais a experi√™ncia pr√°tica de atua√ß√£o em diferentes realidades, ampliando sua compreens√£o sobre responsabilidade e integra√ß√£o social, cidadania e desenvolvimento sustent√°vel.

‚ÄúMuito al√©m de a√ß√Ķes sociais, a imers√£o √© um momento profundo de aprendizagem, com o encontro da teoria e da pr√°tica, da realidade municipal com o conhecimento da academia‚ÄĚ, descreve o Gerente de Extens√£o e Rela√ß√Ķes Institucionais da EG/FJP, Mauro Silveira.

Programa de Internato em Administração e Gestão Municipal - Prinagem - Por um período de três semanas no mês de janeiro, 15 estudantes, divididos em cinco equipes, trabalharam nas prefeituras de Itaguara e São Brás do Suaçuí, na região Central de Minas Gerais, Juiz de Fora (Zona da Mata), Guanhães (Rio Doce) e Itamarandiba (Jequitinhonha/Mucuri).

De acordo com Silveira, o objetivo do Prinagem √© dar ao estudante a oportunidade de vivenciar [DCdOD1]¬† a rotina dos munic√≠pios para verificar, na pr√°tica, como a aplica√ß√£o do que aprendem em sala de aula pode contribuir para o aprimoramento da gest√£o local. ‚ÄúAssim, o estudante aprende mais e colabora, em conjunto com os servidores dessas localidades, para melhorar a gest√£o p√ļblica e, consequentemente, a vida dos cidad√£os‚ÄĚ, explica.

Para Daniela Bittencourt, integrante da equipe que atuou na prefeitura de Itamarandiba, a posi√ß√£o do gestor p√ļblico implica n√£o s√≥ no desenho de pol√≠ticas, mas, principalmente, em compreender, antes de formul√°-las, o contexto no qual ser√£o aplicadas. ‚ÄúOuvir falar √© diferente de conhecer. N√£o adianta pensar em projetos de forma burocr√°tica, sem considerar uma execu√ß√£o alinhada √†s necessidades dos munic√≠pios‚ÄĚ, afirma.

Na cidade, o grupo executou uma for√ßa-tarefa para determinar o passivo temporal e financeiro das f√©rias regulamentares e pr√™mio dos servidores, analisar as Unidades B√°sicas de Sa√ļde, avaliar softwares livres que pudessem integrar o sistema da prefeitura e analisar os processos vigentes no setor de compras da administra√ß√£o municipal.

‚ÄúAs informa√ß√Ķes estavam l√°, mas nunca foram sistematizadas‚ÄĚ, conta o estudante Fernando Anelli. ‚ÄúCreio que nossa contribui√ß√£o mais importante foi transformar dados j√° existentes em informa√ß√Ķes que ir√£o subsidiar a ado√ß√£o de estrat√©gias e facilitar o desenho e estrutura√ß√£o da pol√≠tica p√ļblica‚ÄĚ, analisa.

Imers√£o na Gest√£o P√ļblica - Tamb√©m em janeiro, a cidade de Cambuquira, no Sul de Minas, recebeu alunos da Funda√ß√£o Jo√£o Pinheiro (FJP) e da Universidade Federal de Lavras (Ufla) para a realiza√ß√£o de um diagn√≥stico e a apresenta√ß√£o de propostas para a gest√£o municipal das √°guas. Fruto de um termo de coopera√ß√£o t√©cnica firmado entre as duas institui√ß√Ķes, a iniciativa envolveu cinco estudantes da Escola de Governo.

‚ÄúNesta imers√£o nos inteiramos sobre demandas referentes √†s √°guas das fontes municipais, famosas por suas propriedades terap√™uticas‚ÄĚ, explica o estudante Henrique Ferri. ‚ÄúCom a experi√™ncia, ficou evidente como √© grande a expectativa depositada pela popula√ß√£o nos gestores p√ļblicos e como o impacto da administra√ß√£o p√ļblica √© significativo na vida dessas pessoas‚ÄĚ, pondera.

10Envolver - Criado em 2013 pela Coordenadoria de Inclus√£o e Mobiliza√ß√£o Sociais (Cimos) do Minist√©rio P√ļblico de Minas Gerais (MPMG) e desenvolvido em parceria com o Programa das Na√ß√Ķes Unidas para o Desenvolvimento (Pnud), o 10Envolver tem o objetivo de contribuir para a garantia e acesso aos direitos fundamentais das popula√ß√Ķes residentes em dez munic√≠pios com baixos √ćndices de Desenvolvimento Humano (IDH) no Estado.

No m√™s de janeiro, oito alunos do curso de Administra√ß√£o P√ļblica da FJP passaram 14 dias em Monte Formoso, no Vale do Mucuri, onde realizaram um diagn√≥stico sobre a estrutura organizacional da prefeitura do munic√≠pio. No per√≠odo, os estudantes tamb√©m foram respons√°veis pela cria√ß√£o de um s√≠tio eletr√īnico e de uma p√°gina oficial para a cidade em uma rede social e atuaram na gest√£o da informa√ß√£o do Centro de Refer√™ncia da Assist√™ncia Social (Cras) e na orienta√ß√£o dos servidores do Conselho Municipal de Assist√™ncia Social.

 

‚ÄúCom certeza esse trabalho trouxe ganhos importantes, tanto para os alunos da Escola de Governo quanto para a administra√ß√£o p√ļblica de Monte Formoso. Posso afirmar que a experi√™ncia de aproxima√ß√£o desses dois universos, que dificilmente se encontrariam, foi bem sucedida‚ÄĚ, avalia Mauro Silveira.

Projeto Rondon - Ao longo de 18 dias, um grupo de oito alunos e dois professores da FJP participaram da Opera√ß√£o Tocantins, realizada no √Ęmbito do Projeto Rondon, coordenado pelo Minist√©rio da Defesa. A equipe da Funda√ß√£o Jo√£o Pinheiro trabalhou no munic√≠pio de Cristal√Ęndia, atuando junto √†s autoridades locais e √†s lideran√ßas comunit√°rias.

‚ÄúA participa√ß√£o dos estudantes em projetos como este os aproxima do cotidiano de pequenos munic√≠pios e do cidad√£o. A chegada dos grupos cria uma movimenta√ß√£o no servi√ßo p√ļblico que faz com que os servidores fiquem abertos ao aprendizado‚ÄĚ, assegura o professor Marcos Arcanjo, que acompanhou esta edi√ß√£o do projeto. ‚ÄúAl√©m de compartilhar conhecimentos, os estudantes sistematizam informa√ß√Ķes para torn√°-las aplic√°veis √†quele contexto espec√≠fico‚ÄĚ, atesta.

‚ÄúEste foi um dos projetos de extens√£o mais enriquecedores ao longo do curso e me proporcionou uma verdadeira li√ß√£o de vida e de cidadania‚ÄĚ, declara o estudante Gustavo Pedroso. ‚ÄúA imers√£o incluiu atividades de integra√ß√£o e planejamento, oficinas de capacita√ß√£o e mobiliza√ß√Ķes com o objetivo de formar agentes multiplicadores do conhecimento no munic√≠pio. Servimos de ponte com a prefeitura para dar voz √† popula√ß√£o‚ÄĚ, avalia.

Outra equipe da FJP foi classificada em 1¬ļ lugar para participar, no pr√≥ximo m√™s de julho, da Opera√ß√£o Serra do Cachimbo, a ser realizada pelo Projeto Rondon em Altamira, no Par√°.

Diagn√≥stico das Mulheres do Campo em Minas Gerais - Desenvolvido pela Funda√ß√£o Jo√£o Pinheiro com foco nas trajet√≥rias, lutas e no trabalho rural feminino no estado, o projeto levou sete alunas da gradua√ß√£o em Administra√ß√£o P√ļblica a nove munic√≠pios no m√™s de janeiro.

Uma das estudantes que acompanharam as pesquisadoras da FJP na visita a Santa F√© de Minas, no Norte do Estado, Giovana Lunardi acredita que sua participa√ß√£o no estudo resultou em uma percep√ß√£o diferenciada sobre o tema. ‚ÄúPercebi o impacto que a falta de pol√≠ticas p√ļblicas causa e o quanto essas pol√≠ticas devem ser cuidadosamente criadas, sempre levando em considera√ß√£o as peculiaridades de cada regi√£o‚ÄĚ, constata.

Giovana tamb√©m conta que, com a experi√™ncia, foi poss√≠vel compreender, na pr√°tica, a import√Ęncia e a responsabilidade de sua futura profiss√£o. ‚ÄúAl√©m de me proporcionar crescimento pessoal, o acompanhamento do projeto contribuiu muito para minha trajet√≥ria profissional e acad√™mica‚ÄĚ, celebra.

Projeto Rondon: equipe da FJP ministrou oficina de empreendedorismo e gest√£o empresarial para comerciantes de Cristal√Ęndia (TO)

 

 

Assessoria de Comunicação | Fundação João Pinheiro

O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo. | www.fjp.mg.gov.br

Informa√ß√Ķes para a imprensa: (31) 3448-9561

Siga a FJP no Twitter: https://twitter.com/_fjp_

Acompanhe a FJP no Facebook: http://www.facebook.com/fjpoficial