Imprimir

Estudantes da Fundação João Pinheiro desenvolvem projeto social na região norte de Belo Horizonte

Data de publicação .

Juventude Cidadã é parceria com escola municipal e Centro de Referência de Assistência Social

Alunos do segundo e quarto per√≠odos do Curso de Administra√ß√£o P√ļblica (Csap) da Funda√ß√£o Jo√£o Pinheiro (FJP) participam, desde o m√™s de mar√ßo, do Projeto Juventude Cidad√£.¬† Parceria entre a Escola de Governo da FJP, a Escola Municipal Rui da Costa Val e o Centro de Refer√™ncia de Assist√™ncia Social (Cras) do Jardim Felicidade, na regi√£o norte de Belo Horizonte, a iniciativa √© voltada para que os jovens do bairro conhe√ßam, participem e, na medida do poss√≠vel, se apropriem do Cras como um espa√ßo de cidadania.

Pelo alto índice de criminalidade, particularmente entre os jovens, o Jardim Felicidade é uma área de especial atenção na capital mineira. Originado por uma ocupação desordenada, que invadiu áreas verdes e institucionais, o bairro foi recentemente regularizado, mas parte das famílias ainda não possui os documentos dos imóveis.

De acordo com o professor da Escola de Governo Jaime Queiroz, este √© um projeto de extens√£o que apresenta uma perspectiva integradora e participativa, com foco na cidadania e nos direitos sociais da comunidade. ‚ÄúA partir do contato iniciado com os jovens do Jardim Felicidade, conseguimos a ades√£o da Escola Municipal Rui da Costa Val, por meio da professora de Hist√≥ria Talita Barcelos‚ÄĚ, explica. ‚ÄúTemos conseguido envolver turmas inteiras em atividades e discuss√Ķes sobre cidadania, participa√ß√£o, direitos e deveres, lideran√ßa etc., que s√£o temas de interesse dos alunos da Escola de Governo, do Cras e, principalmente, dos pr√≥prios jovens, que poder√£o ir, ao longo do projeto, despertando para a possibilidade do Centro de Refer√™ncia ser um excelente instrumento de valoriza√ß√£o de toda a comunidade‚ÄĚ, avalia.

Segundo a estudante do Csap Ana Elisa Fonseca, o projeto teve in√≠cio com cerca de sete jovens participando das oficinas, mas cresceu consideravelmente ap√≥s a parceria com a Escola Rui da Costa Val. ‚ÄúTivemos muitos desafios para que os jovens da comunidade fossem at√© o Cras. Muitos nem sabiam da exist√™ncia desse Centro e outros n√£o conheciam sua finalidade. Mas esse quadro mudou bastante depois que come√ßamos a trabalhar com a professora Talita Barcelos. Passamos a ter 60 jovens no projeto e pudemos acrescentar conte√ļdo aos temas abordados na escola com din√Ęmicas recreativas e l√ļdicas‚ÄĚ, conta. Para ela, a experi√™ncia de participar do Juventude Cidad√£ ampliou sua percep√ß√£o sobre as pol√≠ticas p√ļblicas, principalmente as com foco em juventude. ‚ÄúO aprendizado n√£o se restringe ao saber fazer, mas ao saber ser e ao saber fazer coletivamente. Estar em campo nos transforma como pessoas e como futuros profissionais‚ÄĚ, conclui.

Assessoria de Comunicação | Fundação João Pinheiro

O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.  | www.fjp.mg.gov.br

Informa√ß√Ķes para a imprensa: (31) 3448-9561 / 3448-9588

Siga a FJP no Twitter: https://twitter.com/_fjp_

Acompanhe a FJP no Facebook: http://www.facebook.com/fjpoficial