Os gráficos 1 a 5 mostram o grau de carência e afluência das RGINT por indicador. O grau de carência considera a porcentagem de municípios com o indicador menor que o valor do 1º quartil da distribuição dos 853 municípios do estado, ao passo que, o grau de afluência considera a porcentagem de municípios com valor acima do 3º quartil. Em outras palavras, o grau de carência inclui os municípios cujo indicador em análise tenha alcançado resultado inferior a 25% de toda sua distribuição, enquanto o grau de afluência engloba os municípios com resultado superior a 75%.

Clique aqui para ler o informativo.