Que atire a primeira pedra aquele que não foi nenhum pouco afetado por esta pandemia. Aquele que não está isolado, e, ao acordar hoje, sua rotina seja a mesma – ou pouco diferente, daquela praticada em qualquer dia útil do mês de janeiro.

Clique aqui para ler a publicação.