Segundo a Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios Contínua Trimestral (PNADC/T) do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), em Minas Gerais, a taxa de desocupação reduziu de 11,2%, no primeiro trimestre de 2019, para 9,6% no segundo. Estimou-se que o contigente desocupado foi de 1,077 milhão de pessoas – redução de 12,8% em comparação ao trimestre imediatamente anteriror e de 10,8% em relação ao mesmo trimestre de 2018. A queda da taxa de desocupação resultou da criação de 357 mil postos de trabalho e foi superior à entrada de pessoas no mercado de trabalho, estimada em 198 mil pessoas.

Clique aqui para ler o informativo.