Nas duas últimas notas publicadas neste blog, mostramos que, de um lado, a população mais pobre e vulnerável tende a sofrer mais severamente a pandemia de Covid-19 e a demandar mais o sistema de saúde, e, de outro lado, é justamente naquelas regiões com populações mais vulneráveis que os serviços de saúde encontram-se menos preparados para enfrentar a pandemia e atender à população. Portanto, combater a pandemia e evitar o colapso do sistema de saúde é proteger os mais vulneráveis e é enganoso negar este fato e argumentar em outro sentido.

Clique aqui para ler a publicação.