Emprego e Renda — PNAD Contínua (2º trimestre 2021) e Novo CAGED (julho 2021)

  • Post author:

Síntese dos resultados · Estima-se que havia 1,352 milhão de desocupados em Minas Gerais no segundo trimestre de 2021, 130 mil desocupados a menos do que no trimestre anterior; · Minas Gerais foi uma das quatro Unidades Federativas em que houve recuo da taxa de desocupação; · A taxa de subutilização recuou tanto em relação ao trimestre anterior quanto ao mesmo trimestre de 2020; · Em relação ao mesmo trimestre de 2020, foram criados 452 mil postos de trabalho, especialmente nas ocupações não formalizadas: trabalho por conta própria, empregado no setor privado sem carteira assinada e emprego doméstico; · Os setores (i) Alojamento e alimentação, (ii) Agricultura, pecuária, produção florestal, pesca e aquicultura e (iii) Indústria geral foram os que tiveram a maior variação relativa de geração de postos de trabalho entre o primeiro e segundo trimestres de 2021; Em termos relativos, os melhores resultados foram registrados nas RGInt de Uberaba e Barbacena. · Em julho de 2021, Minas Gerais registrou saldo positivo de 34.333 postos de trabalho e o estoque de emprego formal totalizou 4.367.567.

Continuar lendoEmprego e Renda — PNAD Contínua (2º trimestre 2021) e Novo CAGED (julho 2021)

Emprego e Renda: Novo CAGED (junho 2021)

  • Post author:

O Informativo de Emprego e Renda é uma produção conjunta da Secretaria de Estado de Desenvolvimento Social (Sedese), por meio da Subsecretaria de Trabalho e Emprego (Subte), e da Fundação João Pinheiro (FJP), por meio da Coordenação de Estudos Populacionais da Diretoria de Estatística e Informações. Tem por objetivo acompanhar e atualizar a conjuntura do mercado de trabalho em Minas Gerais.

Continuar lendoEmprego e Renda: Novo CAGED (junho 2021)

Emprego e Renda – Novo CAGED: Maio/2021

  • Post author:

O Informativo de Emprego e Renda é uma produção conjunta da Secretaria de Estado de Desenvolvimento Social (Sedese), por meio da Subsecretaria de Trabalho e Emprego (Subte), e da Fundação João Pinheiro (FJP), por meio da Coordenação de Estudos Populacionais da Diretoria de Estatística e Informações. Tem por objetivo acompanhar e atualizar a conjuntura do mercado de trabalho em Minas Gerais. Nesta edição, você confere a análise do mercado de trabalho com base nos dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Novo Caged) referentes a maio de 2021. Informações mais detalhadas podem ser consultadas no Painel da Secretaria de Trabalho/Ministério da Economia e no Monitor do Mercado de Trabalho Mineiro.

Continuar lendoEmprego e Renda – Novo CAGED: Maio/2021

Emprego e Renda: PNAD Contínua (1º trimestre 2021) e Novo CAGED (abril 2021)

  • Post author:

Síntese dos resultados · A taxa de desocupação no primeiro trimestre de 2021 é a maior da série histórica da PNAD Contínua, em Minas Gerais. Estima-se que havia 1,482 milhão de desocupados no estado. · A subutilização também atingiu níveis recordes, alcançando 27,7% da força de trabalho ampliada. Havia 503 mil mineiros desalentados e 765 mil subocupados por insuficiência de horas trabalhadas. · Em relação ao último trimestre de 2020, a PNAD Contínua mostra destruição de 62 mil postos de trabalho. Houve criação de 106 mil empregos assalariados com carteira assinada compensada, principalmente, pela redução de 118 mil empregados do setor público e 28 mil trabalhadores por conta própria. · Os dados do Novo CAGED reforçam os resultados da PNAD Contínua quanto ao mercado formal de trabalho. · Em abril de 2021, segundo dados do Novo CAGED, Minas Gerais teve saldo positivo de 13.942 postos de trabalho, decorrente de 149.767 admissões e 135.825 desligamentos.

Continuar lendoEmprego e Renda: PNAD Contínua (1º trimestre 2021) e Novo CAGED (abril 2021)

Mercado de Trabalho no Brasil

  • Post author:

O mercado de trabalho pode ser considerado um dos pilares da economia. É no mercado de trabalho que os indivíduos oferecem sua força trabalho, disponibilizam seu tempo e sua qualificação e disputam vagas, oportunidades e posições ofertadas por empresas ou pessoas. Pode-se dizer que o mercado de trabalho agrega três atores principais: governos, trabalhadores e empresas.

Continuar lendoMercado de Trabalho no Brasil

Emprego e Renda – CAGED: Março/2021

  • Post author:

O Informativo de Emprego e Renda é uma produção conjunta da Secretaria de Estado de Desenvolvimento Social (Sedese), por meio da Subsecretaria de Trabalho e Emprego (Subte), e da Fundação João Pinheiro (FJP), por meio da Coordenação de Estudos Populacionais da Diretoria de Estatística e Informações. Tem por objetivo acompanhar e atualizar a conjuntura do mercado de trabalho em Minas Gerais. Nesta edição, você confere a análise do mercado de trabalho com base nos dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Novo Caged) referentes a março de 2021. Informações mais detalhadas podem ser consultadas no Painel da Secretaria de Trabalho/Ministério da Economia e no Monitor do Mercado de Trabalho Mineiro. Destaques do mês - Minas Gerais apresentou o segundo maior saldo positivo do emprego em março de 2021 e ficou em terceiro lugar em termos de variação relativa, atrás apenas do Mato Grosso do Sul (0,95%) e de Santa Catarina (0,93%); - Todos os setores tiveram resultado positivo no mês, inclusive o setor de serviços, que sofreu a maior contração em 2020; - As mulheres, os trabalhadores mais velhos e os trabalhadores menos escolarizados tiveram os piores resultados; - As Regionais de Desenvolvimento Social (RDS) - Metropolitana, Poços de Caldas e Timóteo - apresentaram os melhores resultados em março de 2021. Juntas, corresponderam a 54,5% do total de postos de trabalho criados em Minas Gerais.

Continuar lendoEmprego e Renda – CAGED: Março/2021

Emprego e Renda – CAGED: Fevereiro/2021

  • Post author:

De acordo com os dados do Novo Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (NovoCaged[1]), em fevereiro de 2021, houve saldo positivo de 401.639 vínculos formais de emprego no Brasil e de 50.939 em Minas Gerais. A variação de 1,25% do estoque de empregos no estado em relação ao mês anterior resultou de 182.895 admissões e 130.956 desligamentos. No país, deveu-se à diferença entre 1.694.604 admissões e 1.292.965 desligamentos. Ambos superiores ao mesmo período de 2020 (Gráficos 1 e 2). No acumulado de março de 2020 a fevereiro de 2021, foram criadas, no Brasil, 411.956 vagas líquidas de emprego formal e, em Minas Gerais, 69.469, o que significa uma variação relativa de 1,67% no estado, superior à média do país, da ordem de 1,04% em relação a igual período do ano anterior.

Continuar lendoEmprego e Renda – CAGED: Fevereiro/2021

Emprego e Renda – CAGED: Janeiro/2021

  • Post author:

De acordo com os dados do Novo Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Novo Caged[1]), em janeiro de 2021, houve saldo positivo de 260.353 vínculos formais de emprego no Brasil e de 25.617 em Minas Gerais. A variação de 0,6% do estoque de empregos no estado, em relação ao mês anterior, resultou de 157.046 admissões e 131.429 desligamentos. No país, deveu-se à diferença entre 1.527.083 admissões e 1.266.730 desligamentos. (Gráfico 1).

Continuar lendoEmprego e Renda – CAGED: Janeiro/2021

Emprego e Renda — Pnad Contínua 4º Trimestre/2020

  • Post author:

Os dados da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios Contínua Trimestral (Pnadc-T), do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), referentes à média do quarto trimestre de 2020, continuam refletindo o impacto da contração das atividades econômicas no mercado de trabalho em decorrência das medidas de contenção da pandemia da Covid-19. Vale frisar que, antes da chegada da pandemia, a economia brasileira vinha com sinais tímidos de recuperação do mercado de trabalho, como sintoma de sua dificuldade mais estrutural de retomada da produção.

Continuar lendoEmprego e Renda — Pnad Contínua 4º Trimestre/2020

As mulheres no mercado de trabalho em 2020

  • Post author:

O ano de 2020 foi marcado pela pandemia da covid-19, cujas medidas de contenção da doença afetaram profundamente o mercado de trabalho. As pesquisas de monitoramento da inserção laboral da população (Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios Contínua – PnadC, do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística - IBGE) e os registros administrativos que acompanham as contratações e demissões do emprego formal no Brasil (Cadastro Geral de Emprego e Desemprego – Caged, do Ministério da Economia - ME) mostram que homens e mulheres foram desigualmente afetados pelo rearranjo do mercado de trabalho. Embora essas pesquisas não sejam diretamente comparáveis, ambas mostram aspectos relevantes das condições de trabalho da população.

Continuar lendoAs mulheres no mercado de trabalho em 2020

Emprego e Renda: Resultados da Pnad Covid-19 para 2020

  • Post author:

A Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios - Pnad Covid19 é uma iniciativa inédita e pioneira do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) com o objetivo de quantificar os principais efeitos da pandemia no mercado de trabalho nacional. Composta por um módulo de saúde e outro de trabalho, a pesquisa teve início de sua coleta na primeira semana de maio, findando-se em dezembro de 2020, e foi desenvolvida tomando como referência os 210,1 milhões de habitantes do Brasil. Suas amostras foram estruturadas para permitir estimativas representativas para todos os estados do país, assim como é realizado pela Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios Contínua (PnadC).

Continuar lendoEmprego e Renda: Resultados da Pnad Covid-19 para 2020

Emprego e Renda – CAGED: dezembro/2020

  • Post author:

Segundo os dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged)¹, em dezembro de 2020, houve redução líquida de -2.660 vínculos formais de emprego em Minas Gerais ante -67.906 no Brasil. Essa é a primeira vez que, desde 2012, o estado tem modesto saldo formal negativo para esse mês de dezembro, assim como no Brasil. Sazonalmente, o mês de dezembro é de saldos líquidos negativos, mas a postergação da atividade econômica, em virtude da pandemia do Covid-19, alterou significativamente essa tendência (eixo cinza dos gráficos 1 e 2).

Continuar lendoEmprego e Renda – CAGED: dezembro/2020

Emprego e Renda – PNADC-T: 3º Trimestre/2020

  • Post author:

Os dados da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios Contínua Trimestral (Pnadc-T), do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), referentes à média do terceiro trimestre de 2020 ainda refletem o impacto da contração das atividades econômicas em decorrência das medidas de contenção da pandemia da Covid-19, sobretudo até agosto, no mercado de trabalho. Vale frisar que, antes da chegada da pandemia, a economia brasileira já vinha com sinais fracos de recuperação do mercado de trabalho, como sintoma de sua dificuldade mais estrutural de retomada da produção.

Continuar lendoEmprego e Renda – PNADC-T: 3º Trimestre/2020

Emprego e Renda – CAGED: novembro/2020

  • Post author:

Segundo os dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged)¹, em novembro de 2020, houve a criação líquida de 414.556 vínculos formais de emprego no Brasil e de 32.894 em Minas Gerais. A variação de 0,8% do estoque de empregos no estado, em relação ao mês anterior, resultou de 155.251 admissões e 122.357 desligamentos. No país, deveu-se à diferença entre 1.532.189 admissões e 1.117.633 desligamentos. Comparando com os anos anteriores, esse foi o maior saldo para esse mês desde 2012 (Gráfico 1).

Continuar lendoEmprego e Renda – CAGED: novembro/2020

Situação do negro no mercado de trabalho em Minas Gerais

  • Post author:

Para promover o dia da Consciência Negra, a Fundação João Pinheiro apresenta este informativo temático com o objetivo de causar reflexões sobre a situação dos negros no mercado de trabalho de Minas Gerais. Os dados são da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios Contínua (PNADc) do IBGE para o ano de 2018.

Continuar lendoSituação do negro no mercado de trabalho em Minas Gerais

Emprego e Renda — Jovens

  • Post author:

A entrada no mercado de trabalho é um dos principais marcos da transição dos jovens para a vida adulta. Nas últimas décadas, o padrão dessa passagem se transformou. No Brasil, houve aumento da escolaridade, mas a probabilidade dos jovens conseguirem emprego é menor do que para as gerações passadas. A educação formal deveria ser o principal objetivo dessa etapa do ciclo de vida, mas, devido a diversos fatores, pode confrontar diretamente com a necessidade de geração de renda e, em alguns casos, com a busca de autonomia e emancipação financeira. Nesse sentido, educação e trabalho são dimensões fundamentais para a compreensão das trajetórias de vida e das oportunidades que os diversos grupos sociais têm na construção de suas carreiras, na mobilidade social e no enfrentamento de vulnerabilidades.

Continuar lendoEmprego e Renda — Jovens

Emprego e Renda – PNADC-T: 2º Trimestre/2019

  • Post author:

Segundo a Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios Contínua Trimestral (PNADC/T) do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), em Minas Gerais, a taxa de desocupação reduziu de 11,2%, no primeiro trimestre de 2019, para 9,6% no segundo. Estimou-se que o contigente desocupado foi de 1,077 milhão de pessoas - redução de 12,8% em comparação ao trimestre imediatamente anteriror e de 10,8% em relação ao mesmo trimestre de 2018. A queda da taxa de desocupação resultou da criação de 357 mil postos de trabalho e foi superior à entrada de pessoas no mercado de trabalho, estimada em 198 mil pessoas.

Continuar lendoEmprego e Renda – PNADC-T: 2º Trimestre/2019

Estudo Temático: Caracterizações da população negra

  • Post author:

Entre 2012 e 2019, a população que se autodeclarava negra só não era predominante nos três estados do sul do país, além de São Paulo. Em 2012, mais de 80% das populações do Amapá e Maranhão eram negras. Em 2019, além desses dois estados, Acre, Amazonas, Pará, Piauí e Bahia também apresentaram percentual superior a 80,0% de população autodeclarada negra. Em Minas Gerais, em 2012, a população negra representava 55,4% do total da população do estado. Em 2019, essa proporção aumentou, passou para 61,0%.

Continuar lendoEstudo Temático: Caracterizações da população negra

Emprego e Renda – Caged: maio/2020

  • Post author:

O Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged) é um registro administrativo que permite acompanhar as flutuações do mercado de trabalho formal a partir das informações sobre admissões e demissões dos empregados regidos pelo regime da Consolidação das Leis do Trabalho. Por meio da Portaria n.1.127, de outubro de 2019, o Ministério da Economia estabeleceu algumas mudanças na obrigatoriedade da comunicação dessas admissões e dispensas, que passou a ser realizada por meio do Sistema de Escrituração Digital das Obrigações Fiscais, Previdenciárias e Trabalhistas, o eSocial. Assim, o novo Caged passou a ser mais abrangente, considerando, para os dados de admissões, as bases de dados do eSocial e Caged, e para os de desligamentos, além dos dois, o Empregador Web¹.

Continuar lendoEmprego e Renda – Caged: maio/2020

Emprego e Renda – Caged: abril/2020

  • Post author:

O Cadastro Geral de Empregados e Desempregados - Caged é um registro administrativo que permite acompanhar as flutuações do mercado de trabalho formal, a partir das informações sobre admissões e demissões dos empregados regidos pelo regime da Consolidação das Leis do Trabalho - CLT. O Ministério da Economia, por meio da Portaria n.1.127 de outubro de 2019, estabeleceu algumas mudanças na obrigatoriedade da comunicação dessas admissões e dispensas. Tal comunicação passou a ser realizada, a partir da competência do mês de janeiro de 2020, por meio do Sistema de Escrituração Digital das Obrigações Fiscais, Previdenciárias e Trabalhistas, o denominado eSocial. Assim sendo, o novo Caged passou a ser mais abrangente, considerando, para os dados de admissões, as bases de dados do eSocial e Caged, e para os de desligamentos, além do eSocial e Caged, o Empregador Web¹.

Continuar lendoEmprego e Renda – Caged: abril/2020

Mulher e Mercado de Trabalho: Autonomia Econômica – Pnadc 2018

  • Post author:

A autonomia econômica das mulheres está diretamente relacionada à sua capacidade de gerarrendimentos e recursos próprios por meio do acesso ao mercado de trabalho e ao trabalho remunerado em condições iguais aos homens. O uso do tempo e a contribuição das mulheres para a economia são dimensões importantes para esta análise conforme preconizado pela Comissão Econômica para América Latina (Cepal). Tendo como referência estudos do Observatório da Igualdade de Gênero da América Latina, apresenta‐se, a seguir, alguns indicadores que compõem o quadro da autonomia econômica das mulheres em Minas Gerais em comparação à média do Brasil.

Continuar lendoMulher e Mercado de Trabalho: Autonomia Econômica – Pnadc 2018

Emprego e Renda – CAGED: dezembro/2019

  • Post author:

Em dezembro de 2019, os dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (CAGED) indicam que, no estado de Minas Gerais, houve redução de 35.888 postos de trabalho formais, resultantes da diferença entre 111.101 admissões e 146.989 desligamentos. Esse resultado é esperado para essa época do ano devido aos desligamentos dos trabalhadores contratados para trabalhar temporariamente no final do ano, além de eventuais ajustes sazonais nos setores de serviços, indústria de transformação, construção civil e agropecuária.

Continuar lendoEmprego e Renda – CAGED: dezembro/2019

Emprego e Renda – CAGED: novembro/2019

  • Post author:

Em novembro de 2019, os dados do Caged indicam que o estado de Minas Gerais situou-se em quinto lugar no ranking nacional, com a criação líquida de 8.382 postos de trabalho formais, resultantes da diferença entre 145.458 admissões e 137.076 desligamentos; no acumulado do ano, o estado manteve-se no segundo lugar na geração líquida de empregos formais neste ano.

Continuar lendoEmprego e Renda – CAGED: novembro/2019

Emprego e Renda – CAGED: julho/2019

  • Post author:

Para o mês de julho de 2019, os dados do CAGED indicam que, no estado de Minas Gerais, houve criação líquida de 10.609 postos de trabalho formais, resultantes da diferença entre 163.889 admissões e 153.280 desligamentos. Em termos percentuais, os empregos gerados em Minas Gerais corresponderam a 21,7% do total de empregos formais líquidos do país (Gráfico 1).

Continuar lendoEmprego e Renda – CAGED: julho/2019