O Boletim que ora se apresenta é fruto da parceria entre a Fundação João Pinheiro (FJP) e a Secretaria de Desenvolvimento Social (Sedese) de Minas Gerais. Nesta edição especial é realizada uma análise comparativa das estatísticas do mercado de trabalho formal provenientes da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios Contínua (PNAD Contínua) e do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), este último combinado aos dados da Relação Anual de Informações Sociais (Rais). Destaca-se que a intenção deste boletim não é apontar qual a melhor base de dados, mas sim descrevê-las, compará-las desagregadamente e, com isso, levantar alguns pontos de reflexão para os usuários das estatísticas do mercado de trabalho formal.

Clique aqui para ler a publicação.