Emprego e Renda – CAGED: Março/2021

  • Post author:

O Informativo de Emprego e Renda é uma produção conjunta da Secretaria de Estado de Desenvolvimento Social (Sedese), por meio da Subsecretaria de Trabalho e Emprego (Subte), e da Fundação João Pinheiro (FJP), por meio da Coordenação de Estudos Populacionais da Diretoria de Estatística e Informações. Tem por objetivo acompanhar e atualizar a conjuntura do mercado de trabalho em Minas Gerais. Nesta edição, você confere a análise do mercado de trabalho com base nos dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Novo Caged) referentes a março de 2021. Informações mais detalhadas podem ser consultadas no Painel da Secretaria de Trabalho/Ministério da Economia e no Monitor do Mercado de Trabalho Mineiro. Destaques do mês - Minas Gerais apresentou o segundo maior saldo positivo do emprego em março de 2021 e ficou em terceiro lugar em termos de variação relativa, atrás apenas do Mato Grosso do Sul (0,95%) e de Santa Catarina (0,93%); - Todos os setores tiveram resultado positivo no mês, inclusive o setor de serviços, que sofreu a maior contração em 2020; - As mulheres, os trabalhadores mais velhos e os trabalhadores menos escolarizados tiveram os piores resultados; - As Regionais de Desenvolvimento Social (RDS) - Metropolitana, Poços de Caldas e Timóteo - apresentaram os melhores resultados em março de 2021. Juntas, corresponderam a 54,5% do total de postos de trabalho criados em Minas Gerais.

Continuar lendoEmprego e Renda – CAGED: Março/2021

Produto Interno Bruto (PIB) da Região Geográfica Intermediária (RGInt) de Montes Claros

  • Post author:

No período de 2010 a 2018, a economia de Minas Gerais apresentou acentuada flutuação cíclica, grosso modo caracterizada por três fases: no início, continuidade da recuperação do nível de atividade após a grave crise financeira internacional de 2008-2009 – cujo pico seria alcançado em 2013; em seguida, a recessão de 2014-2016; no final, a fraca retomada do crescimento econômico de 2017-2018 (Gráfico 1). As fases de expansão do nível de atividade (2011-13 e 2017-18) foram praticamente anuladas pelas perdas ocorridas durante a recessão, de forma que o PIB real de Minas Gerais em 2018 estava apenas 2,1% acima do registrado em 2010; ou seja, praticamente não houve crescimento econômico ao longo do período considerado. Entretanto, ocorreram mudanças na estrutura produtiva regional tanto na perspectiva espacial, quanto na regional.

Continuar lendoProduto Interno Bruto (PIB) da Região Geográfica Intermediária (RGInt) de Montes Claros

Setores Impulsionadores do Crescimento Econômico da Região Geográfica Intermediária de Montes Claros

  • Post author:

Os serviços predominaram na estrutura produtivada RGInt de Montes Claros em 2018; 74,4% do VAB, e ampliação de 5,5 p.p (pontos percentuais) em relação à participação de 2010. Os serviços privados, que representaram 44,8% (R$10,4 bilhões), tiveram destaque dos segmentos de comércio e das atividades imobiliárias, além do resultado favorável da intermediação financeira e dos serviços de informação e comunicação. A parcela da administração pública, 29,7%, correspondeu a R$6,9 bilhões. No VAB estadual da atividade serviços, a participação da RGInt variou de 4,4% para 4,7%.

Continuar lendoSetores Impulsionadores do Crescimento Econômico da Região Geográfica Intermediária de Montes Claros

Comércio Internacional da Região Geográfica Intermediária Montes Claros

  • Post author:

A proposta deste informativo é apresentar os dados de exportações para a Região Geográfica Intermediária (RGInt) de Montes Claros[1], incluindo os resultados de 2020. Nesse ano, a economia mundial foi fortemente afetada pela pandemia do Covid-19. À exceção da China, os principais parceiros econômicos de Minas Gerais – países da União Europeia e os Estados Unidos – registraram queda na taxa de crescimento do Produto Interno Bruto (PIB). No Brasil, a retração do PIB foi de 4,1%. Apesar da retração do PIB global, as exportações de commodities metálicas e agrícolas foram impulsionadas, em particular pela demanda chinesa. Este informe explora os seguintes dados: (i) valores exportados, (ii) participação no total das exportações do estado e (iii) estrutura da pauta, com destaque para os principais itens comercializados e principais países de destino.

Continuar lendoComércio Internacional da Região Geográfica Intermediária Montes Claros

O PIB do Agronegócio de Minas Gerais no Ano de 2020

  • Post author:

Apesar da gravidade da crise de saúde pública e da economia em 2020, este foi um ano excepcional para o agronegócio estadual. O núcleo do setor – produção da agricultura, da pecuária e da produção florestal – foi beneficiado por incremento do volume ofertado, estimulado pela vigorosa apreciação dos preços das principais commodities agropecuárias. Além disso, algumas atividades a jusante e a montante da cadeia produtiva na agroindústria mineira (fabricação de alimentos, têxtil, de produtos químicos derivados do fosfato e de papel e celulose) exibiram resultados positivos no volume físico da produção, diferentemente de segmentos da cadeia metalomecânica (metalurgia, fabricação de veículos, de máquinas e equipamentos e de produtos de metal) e, nos serviços, das atividades com menor encadeamento com o setor primário (serviços de informação e comunicação, atividades imobiliárias, saúde e educação privadas, artes, cultura, esportes e recreação e serviços domésticos). Estas últimas foram, proporcionalmente, muito mais afetadas pela crise sanitária.

Continuar lendoO PIB do Agronegócio de Minas Gerais no Ano de 2020

Base da Divisão Territorial Municipal e Distrital de Minas Gerais e Atualizações no Portal da Infraestrutura de Dados Espaciais (Iede)

  • Post author:

A Infraestrutura Estadual de Dados Espaciais (Iede), gerida pela Fundação João Pinheiro, foi instituída no âmbito do Poder Executivo pelo Decreto Estadual nº 45.394, de 10/6/201. A Iede tem como objetivos: - promover o adequado ordenamento na geração, no armazenamento, acesso, compartilhamento, na disseminação e no uso dos dados geoespaciais de origem estadual em proveito do desenvolvimento de Minas Gerais; - promover a utilização dos padrões e normas homologados pela Comissão Nacional de Cartografia na produção dos dados geoespaciais pelos órgãos e entes públicos estaduais; - evitar a duplicidade de ações e o desperdício de recursos na obtenção de dados geoespaciais pela administração pública por meio da divulgação dos metadados relativos a esses dados disponíveis nos órgãos e entes públicos estaduais.

Continuar lendoBase da Divisão Territorial Municipal e Distrital de Minas Gerais e Atualizações no Portal da Infraestrutura de Dados Espaciais (Iede)

A situação da Região Geográfica Intermediária de Montes Claros segundo o Índice Mineiro de Responsabilidade Social de 2018

  • Post author:

Considerando-se o IMRS, na RGInt de Montes Claros estão localizados 24,9% dos municípios carentes do estado e 32,5% da população do estado que vive em municípios carentes; por outro lado, a RGInt concentra apenas 2,3% dos municípios afluentes do estado e 4,5% da população do estado que vive em municípios afluentes (Tabela 1 e Mapa 1). Tomando-se os índices das dimensões que compõem o IMRS, a situação da RGInt mostra-se relativamente pior na dimensão vulnerabilidade, na qual a RGint congrega 26,6% dos municípios carentes do estado e 30,7% da população do estado que vive em municípios carentes. A situação é melhor nas demais dimensões, destacadamente na educação: somente 5,5% dos municípios carentes do estado nessa dimensão estão situados na RGInt.

Continuar lendoA situação da Região Geográfica Intermediária de Montes Claros segundo o Índice Mineiro de Responsabilidade Social de 2018

Índice Deficit do Saneamento Básico em Minas Gerais

  • Post author:

Esta Nota Técnica tem como objetivo, embasar conceitualmente, o Índice Deficit do Saneamento Básico – IDSB e também explicitar todas as variáveis e componentes utilizados, inclusive, com sua fórmula de cálculo. Estimado inicialmente para os municípios de Minas Gerais, o IDSB procura ranquear os municípios mais carentes com relação ao saneamento básico, utilizando-se dos dados do Sistema Nacional sobre Saneamento (SNIS).

Continuar lendoÍndice Deficit do Saneamento Básico em Minas Gerais

Emprego e Renda – CAGED: Fevereiro/2021

  • Post author:

De acordo com os dados do Novo Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (NovoCaged[1]), em fevereiro de 2021, houve saldo positivo de 401.639 vínculos formais de emprego no Brasil e de 50.939 em Minas Gerais. A variação de 1,25% do estoque de empregos no estado em relação ao mês anterior resultou de 182.895 admissões e 130.956 desligamentos. No país, deveu-se à diferença entre 1.694.604 admissões e 1.292.965 desligamentos. Ambos superiores ao mesmo período de 2020 (Gráficos 1 e 2). No acumulado de março de 2020 a fevereiro de 2021, foram criadas, no Brasil, 411.956 vagas líquidas de emprego formal e, em Minas Gerais, 69.469, o que significa uma variação relativa de 1,67% no estado, superior à média do país, da ordem de 1,04% em relação a igual período do ano anterior.

Continuar lendoEmprego e Renda – CAGED: Fevereiro/2021